Styria Dantas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Styria Dantas

Mensagem por Styria em Dom Abr 24, 2016 9:16 pm

Styra Dantas, Aspirante da Mão de Prata e integrante da 7° Legião

ORIGEM

Styria Dantas nasceu em Lordaeron na cidade Strahnbrad. Filha unica de Malcon e Julia Dantas, fazendeiros de Strahnbrad. Apesar da vida dura no campo sempre foi o raio de luz para os pais e amigos que conviviam com ela. Ainda criança, Duke Lionheart, membro da Ordem da Mão de Prata, viu poténcial na pequena, tornando ela sua aprendiz.

FUGA DE LORDAERON

Com a praga se espalhando rápidamente por toda Lordaeron e a falta de conhecimento para enfrenta-la, muitos civis de Lordaeron se sentiram ameaçados, porém, somente após os eventos conhecidos posteriormente como o Expurgo de Stratholme, alguns poucos lideres sentiram que estavam lutando uma guerra que não poderiam vencer. Jaina Proudmoore reunião todos os sobreviventes que conseguiu juntar, assim como alguns paladinos da agora extinta Ordem da Mão de Prata sendo um deles meu Mestre, Duke Lionheart.


CHEGADA A KALIMDOR E A FUNDAÇÃO DA 7° LEGIÃO

Com a chegada dos sobreviventes do massacre da Scourge em Kalimdor, foi descoberto que a Horda Orc também estava em Kalimdor, porém, com o fim dos Cavaleiros de Azeroth e a perca da Força Expedicionária da Aliança em Draenor foi criado um vácuo e nenhuma raça poderia se dar ao luxo de deixar um espaço tão grande aberto. Sendo assim foi criado a 7° Legião sendo assim chamada pelo seu atual lider Alto Comandante Halford Wyrmbane “Não temos nomes, nem rostos, filhos e filhas da Aliança. Pela Luz e pelo poder da Aliança, o primeiro ataque é feito por nós e o último ataque é tudo que nossos inimigos vêem. Somos a 7ª Legião.

BATALHA PELO MONTE HYJAL

Com o fim dos embates entre humanos, orcs e elfos noturnos, foi descoberto que a Legião Flamejante estava marchando para o Monte Hyjal e uma aliança improvável entre humanos, orcs e elfos noturnos foi criada para combater a Legião Flamejante que se aproximava cada vez mais de Hyjal e é ai que meu legado começa.

- Como integrante da 7° Legião, foi nos incumbido como a 1° linha de defesa do Monte Hyjal sendo os Orcs a 2° e os Elfos Noturnos a 3° e ultima linha de defesa. Como Paladina, é meu dever sempre tentar encontrar uma solução pacífica em qualquer conflito, mas infelizmente não havia como barganhar com a Legião Flamejante.

- Eu lembro dos rostos assustados e apavorados dos soltados que lutavam, eu lembro dos elfos noturnos com uma pequena força correr em nosso auxílio, vi uma pequena porém muito eficiente armada de Guilneas lutando conosco, vi paladinos da minha ordem lutando e curando e confortando os soldados feridos. Eu pensei comigo mesma "-Pela Luz, talvez nos consigamos detê-los!". Mas eu estava errada, muito errada. Ainda não sei como consegui sair viva, para cada demônio que matávamos, outro tomava seu lugar imediatamente. 

-Pela Luz, erram muitos.

Acabei perdendo a consciência quando um demônio desferiu um golpe nas minhas costas. Quando acordei, nos já tínhamos ganho a guerra, mas ninguém me disse oque tínhamos perdido com ela. Descobri posteriormente que os Elfos Noturnos, para impedir a invasão, abriram mão da sua imortalidade.
Eu deveria odiar a Legião Flamejante, mas não odiava, sentia apenas........pena mas como as raças mortais poderiam enfrentar tanto ódio? Tanta raiva?

Com o fim da 3° Guerra, cada raça tentou estabelecer seu próprio lar na nova terra, porém, os membros da 7° Legião decidiram voltar para os Reinos do Leste afim de procurar os sobreviventes de Lordaeron mas o Fragelo ainda existia.

Como era impossível no momento livrar Lordaeron do Fragelo, a 7° Legião fixou em Ventobravo para se organizar no novo mundo que se apresenta e assim passaram-se 4 anos.
avatar
Styria

Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/04/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum